Subscribe
Youtube
Heart
Pessoas,
Vampiro - A Eternidade da Solidão, nasceu no Blog SM-Sem Mistério. Como nem todos gostam de ver Morceguinhos misturados com Fetiches, os blogs foram separados. Porém para quem é ligado em mais de um Fetiche, vai aqui o link direto para o SM Sem Mistério. Lembrando que trata-se de um espaço com conteúdo adulto (artigos fetichistas, filmes livros e trilhas sonoras pra baixar). Bom passeio virtual a todos.
Clique para ir

nest post
portal para o filme
Entrevista com o Vampiro


post 03
(cont...)Manual Prático do Vampirismo


II. O Grande Pentagrama Europeu

As informações que forneceremos agora são da mais profunda significação e importância para aqueles que se interessam pelo assunto e que queiram compreender de uma forma muito mais ampla fatos históricos que deixaram atônita e desamparada toda a humanidade. Esperamos que estas informações consigam atingir o grande público, pois muitos foram os que heroicamente deram suas vidas para tentar publica-las. Elas não pretendem ser um tratado erudito sobre o assunto, mas sim fornecer indicadores seguros para aqueles que estejam na linha de frente desta luta e ao mesmo tempo dar condições de defesa aos leigos e menos informados. Vamos falar do GRANDE PENTAGRAMA EUROPEU, a estruturação de forças dos vampiros na Europa dos séculos XVII e XVIII, destinada a criar as bases de seu desenvolvimento e poderio em direção ao DOMÍNIO DO PLANETA.

A forma escolhida por eles - o PENTAGRAMA - tem sua razão de ser. As pessoas familiarizadas com o ocultismo sabem que o Pentagrama (Estrela de Cinco Pontas) é o símbolo do Ser Humano, ou seja, o Homem de braços e pernas abertos. No entanto, quando esse homem é colocado de cabeça para baixo, nós temos neste pentagrama invertido a figura do bode, com sua barbicha, as duas orelhas e os dois chifres. O bode passou a representar o diabo, a partir de um determinado momento histórico. No princípio ele era PAN, o deus da música e da flauta, dos gregos... Mas isso é uma outra história, da qual um dia gostaríamos de ter oportunidade de falar. Certo é que o Grande Pentagrama Europeu é invertido, tem sua ponta inferior (a barbicha) em Londres e seu eixo vertical é a linha reta que une Londres a Jerusalém! Os motivos são óbvios, para qualquer pessoa que consulte o mapa a seguir. Em Jerusalém nasceu Jesus, a grande Energia que os vampiros odeiam e lutam por destruir e neutralizar. As outras pontas do pentagrama são as cidades de Berlim, Madri, Bucareste e Palermo. Paris e Roma também se encontram na área coberta pela estrela nefasta. Nestas cidades foram criados núcleos de força dos vampiros. Estes núcleos atuam de forma poderosa, utilizando todos os meios possíveis à disposição. Desde forças políticas quanto econômicas, mágicas, científicas, cósmicas, religiosas, etc. Na Itália, a cidade escolhida foi Palermo, ao invés de Roma, pois em Roma seria impossível a manutenção de um núcleo por muito tempo... Madri é capaz de captar energias da Espanha e Portugal e Londres é capaz de captar a Escócia, Irlanda e suas ilhas.

O GRANDE PENTAGRAMA EUROPEU continua vibrando energias para a Terra até hoje. Sua influência oscila bastante ao longo dos anos. Atualmente estamos em um período de relativa calmaria. Mas o futuro é imprevisível.III. As Principais Dinastias de Vampiros

Para a constituição do Grande Pentagrama Europeu, reuniram forças principalmente as dinastias de seis ramos principais: Britânico, Germânico, Francês, Espanhol, Romeno e Itálico. Os mais fortes, evidentemente, foram o Britânico e o Germânico. Falaremos um pouco de cada um deles, bem como das principais forças que apareceram para combatê-los. Evidentemente que o PENTAGRAMA sofreu com profundas LUTAS INTERNAS. Principalmente entre Londres e Berlim. A nível político mundial, o pentagrama pode ser tomado como Londres e Berlim ocupando as pontas dos dois "chifres" do bode. Nessas condições, Roma ocupa a "barbicha". Bucareste, na Romênia, capta energias da Rússia. Mas passemos aos Ramos de Dinastias.


1. O Ramo Britânico

O ramo britânico constituiu-se principalmente de quatro dinastias: Von Born (Transilvânia), Birmingham (Lancashire), Kingsford (Manchester) e Mc Bell (Londres). À dinastia Von Born, da Transilvânia, pertenceu um grande amigo de Mozart, Ignaz Von Born, nascido em Karlsburg em 1742 e morto em Viena em 1791. Não era um vampiro. Pelo contrário, trabalhou profundamente contra a proliferação desses seres. Só mais tarde veio a saber que seu primo Theodore Von Born o era. Ele próprio se encarregou de eliminá-lo. O vampiro mais famoso dessa linhagem foi o Conde Charles von Born, identificado como tal e morto em 7 de julho de 1815.


O Cristianismo Esotérico na Távola Redonda

A maior e mais antiga força de combate ao vampirismo na Inglaterra surgiu com o Cristianismo Esotérico presente nos escudos de armas da Ordem dos Cavaleiros da Távola Redonda, que cultivava a lenda do SANTO GRAAL, que conteria o Sangue de Cristo. O maior sonho de grandes vampiros foi a descoberta e destruição do Santo Graal. É a lenda (?) mais importante da Inglaterra. O Rei Artur teria existido na primeira metade do séc. VI, na região de Windsor.

Se Francis Bacon realmente foi o mesmo Conde de Saint Germain, não nos cabe afirmar. Certo é que o "Príncepe Rakoczy da Transilvânia" ou Conde de Saint Germain (1710/1784) foi a mais preeminente figura do ocultismo ocidental. Está cercado de um halo de lenda e mistério. É considerado um "homem que nunca morre". É provavel que seja o ser humano atualmente em atividade na face do planeta que realmente tenha entendido a essência da mensagem Crística e a tenha colocado em prática, dominando a morte de uma forma completamente oposta aos vampiros. A lenda lhe atribui vários séculos de idade. Onde quer que apareça, promove curas e possui faculdades paranormais além de qualquer coisa conhecida. Como grande ativista da Sociedade Branca consagrou-se ao progresso e elevação da humanidade.

Mais recentemente, Annie Besant (1847/1933) dedicou grande parte de sua obra ao esclarecimento de como enfrentar o vampirismo. Ela é continuadora da obra de Helena Blavastky e seria uma das reencarnações de Giordano Bruno. Sua profunda relação com a Índia trouxe consideráveis esclarecimentos ao problema dos mortos vivos com os estudos feitos junto a grandes faquires como Thara Bey. Thara Bey era egípcio e membro da seita dos coptas cristãos. Estudou medicina em Constantinopla. A Sociedade Teosófica, foi fundada por Helena Blavatsk em 17 de novembro de 1875.

Entre os mais influentes vampiros estão o Visconde Dicson Birmingham, que chegou a pertencer à Maçonaria Inglesa e foi morto em março de 1793, e o Barão Aurelius Kingsford - um dos autores da manobra para neutralizar Francis Bacon. Aurelius Kingsford desapareceu sem deixar rastros, após ser identificado publicamente como vampiro.


2. O Ramo Germânico

As duas principais dinastias germânicas são o Emmerich (Stuttgart) e Haushoffer (Berlim). O maior dos antigos vampiros alemães chamava-se Johhan Valentinus Andreae (Wurtemberg 1586, Stuttgart 1654). Pertence à dinastia dos Emmerich. Foi diácono luterano em Vaihingen (1614) e superintendente da cidade de Kawl, cargo que teve que abandonar por causa da Guerra dos Trinta Anos. Introduziu grande confusão nos debates rosacruzes da época. Pertencia à Ordem e politicamente era necessário a seus interesses que ela se desorientasse. Escreveu "Turis Babel Sive Judiciorum de Fraternitate Rosae-Crucis Chaos", relativa aos julgamentos sobre a fraternidade. Tudo indica que a egrégora da Ordem conseguiu elimina-lo para sempre da face do planeta.

Da linhagem antiga da dinastia Haushoffer, o maior representante é, sem dúvida o Conde Benedict Carpzov Haushoffer (Wittenberg 1595, Leipzig 1666). Curiosamente é o autor do Maleus Maleficarum dos protestantes, chamado "Practica Nova Imperialis Saxonica Rerum Criminalum (1635). Suas obras exerceram grande influência nos processos de bruxaria e firmou milhares de sentenças de morte. Alimentava-se tranquilamente do sangue de suas vítimas, acobertado pelo cargo público; pois era Chanceler Privado em Dresde e membro da faculdade de jurisconsultos de Leipzing.

Outro grande combatente do vampirismo na Inglaterra foi o astrólogo, alquimista e historiador Elias Ashmole (1617/1692), figadal inimigo da dinastia dos Mc Bell. Ocupou vários cargos públicos na corte de Carlos II. Editou um tratado alquímico chamado The Waiss to Bliss (1658), onde cita fórmulas de neutralizar a força dos vampiros.

Não poderíamos deixar de citar também o Barão de Verulam, (1561/1626) também conhecido como FRANCIS BACON, considerado antecessor direto de Newton e Galileu. É possível que tenha sido Rosenkreutz, o Conde de S. Germain e uma grande controvérsia ainda existe para provar se ele realmente escreveu ou não os dramas de Shakespeare. Ao perseguir elementos da dinastia de vampiros Birmingham foi vítima de uma manobra política e acusado de peculato (desvio de verbas) tendo que abandonar o cargo e interromper sua luta. Ocupa o cargo de Lorde-Chanceler na Suprema Magistratura.Post 03


Manual Prático do Vampirismo


BAIXAR O FILME


Interview with the Vampire
Entrevista com o Vampiro (1994)




Sinopse permitida pelo Vampiro
Em pleno século XX, um vampiro concede uma entrevista a um jovem repórter, contando como foi transformado em uma criatura das trevas pelo vampiro Lestat, na Nova Orleans do século XVIII. Dirigido por Neil Jordan (Traídos pelo desejo) e Tom Cruise, Brad Pitt, Antonio Banderas, Stephen Rea, Christian Slater e Kirsten Dunst no elenco. Recebeu 2 indicações ao Oscar.


Ficha Técnica:
Título Original: Interview with the Vampire:
Gênero: Suspense
Duração: 122 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1994
Direção: Neil Jordan
Roteiro: Anne Rice, baseado em livro de Anne RiceProdução:
Música: Elliot Goldenthal
Elenco:
Tom Cruise (Lestat de Lioncourt); Brad Pitt (Louis de Pointe du Lac); Antonio Banderas (Armand); Stephen Rea (Santiago); Christian Slater (Daniel Malloy); Virginia McCollam (Prostituta); Kirsten Dunst (Claudia); Thandie Newton (Yvette).


Baixando o filme

Clique no vampiro e encontre
a película por sua conta e risco



Manual Prático do Vampirismo



0 comentários:

Postar um comentário

TERMOS DE USO

Termo De Uso. VAMPIRO A ETERNIDADE DA SOLIDÃO não hospeda e não faz upload de nenhum arquivo, apenas indica onde encontrá-los. Todos os arquivos estão hospedados na internet, o usuário deverá estar ciente que ao baixar algum material que possua direitos autorais, deverá permanecer com o mesmo, em seu computador, por apenas 24 horas, após esse prazo, deverá comprá-lo ou apagá-lo. VAMPIRO A ETERNIDADE DA SOLIDÃO
Online Advertisingfile recovery